No Final do Corredor

histórias, experiências e lições de vida

5 de junho de 2015
Ana Lucia Coradazzi

no comments

O Testamento Vital

Testamento

Há bastante tempo ouço pessoas comentando sobre terem feito seu testamento vital. O número de indivíduos adotando essa medida como uma segurança de que sua vontade será cumprida é cada vez maior. Mas a quantidade de dúvidas a respeito do documento aumenta tanto quanto o número de documentos efetivamente lavrados, e esse foi o motivo de escolhermos esse tema hoje.

O TESTAMENTO VITAL é um documento, redigido por alguém perfeitamente lúcido e consciente, no qual essa pessoa determina quais os procedimentos e tratamentos aos quais deseja ou não ser submetida no caso de apresentar uma doença que ameace sua vida, que não tenha mais possibilidade de tratamento médico específico, e que por algum motivo a impeça de exprimir conscientemente sua vontade. Em resumo, é um guia dos desejos da pessoa, a ser seguido no caso dela própria não poder expressar sua vontade no final de sua vida.

Não há uma legislação específica no Brasil a respeito desse tipo de documento, mas a tendência dos familiares e equipe médica assistente é respeitá-lo, desde que o mesmo tenha sido elaborado com critérios rigorosos.

Um dos pontos mais importantes é eleger uma pessoa de total confiança, que atuará como guardiã do testamento e poderá assim garantir que seu conteúdo seja revelado e cumprido no momento necessário. Também é de grande importância que o documento seja orientado por um médico assistente (para que os procedimentos e tratamentos incluídos no testamento sejam totalmente compreendidos pela pessoa) e por um advogado competente.

Uma questão essencial à elaboração de um testamento vital é mantê-lo atualizado. Isso é importante porque nossos critérios e expectativas mudam durante nossas vidas. O que nos parece inaceitável hoje, enquanto estamos saudáveis, pode ser até desejável em circunstâncias menos favorecidas.

De qualquer modo, a decisão de fazer ou não um testamento como esse, bem como seu conteúdo, é algo extremamente íntimo e, como tal, único. Não existe certo ou errado, não existem termos ideais ou fluxogramas perfeitos. O que temos que ter em mente é que pensar na própria finitude e nos nossos desejos e objetivos é sempre um caminho menos doloroso para chegarmos até nosso ponto final.

Mais informações sobre o testamento vital podem ser obtidas no link abaixo. Informe-se!

http://testamentovital.com.br

 

Deixe um comentário

Required fields are marked *.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: