No Final do Corredor

histórias, experiências e lições de vida

first

Sem Causar Mal

 

O internacionalmente famoso Dr. Henry Marsh publicou um livro de memórias que promete ser um marco na história médica. No livro “Do No Harm” (“Sem Causar Mal”), ele confessa erros que cometeu (e consequentes arrependimentos) durante seus longos anos de uma carreira bem sucedida. Marsh descreve, com uma sinceridade quase brutal, uma coleção de tragédias que emocionam e nos fazem pensar em nosso papel como médicos.
A intenção de Marsh, segundo ele próprio, foi permitir aos seus auxiliares e futuros neurocirurgiões evitem os mesmos erros e, mais que isso, que suas confissões façam os médicos em geral repensarem suas atitudes diante de erros e dúvidas.
Um livro que é bem mais que uma biografia de um médico famoso: é uma reflexão sobre a condição meramente humana de todos nós, médicos ou não.

A versão em português já está disponível no Brasil (vide http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/06/1786843-neurocirurgiao-que-estara-na-flip-choca-com-relato-honesto-sobre-erros.shtml)

2 thoughts on “Sem Causar Mal

  1. Cara Ana Lúcia,

    esse título, finalmente, saiu publicado em português (veja matéria da Folha, ano passado, quando ele esteve no Brasil: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/06/1786843-neurocirurgiao-que-estara-na-flip-choca-com-relato-honesto-sobre-erros.shtml). Talvez fosse interessante atualizar o post, oferecendo uma pequena ficha técnica a seus leitores!

    Afetuoso abraço,
    Ana (recém-chegada ao seu blog)

    Curtir

Deixe um comentário

Required fields are marked *.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: